Seminário Internacional no Rio vai discutir Comissão da Verdade

Para discutir a instalação da Comissão de Verdade, o Programa de Pós-graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) vai realizar, de 9 e 11 de maio, no Rio de Janeiro, o Simpósio Internacional de História Contemporânea: Memória, Trauma e Reparação”.

O evento tem em sua programação conferências, mesas-redondas e apresentações de trabalhos de pós-graduados sobre as medidas de “justiça de transição” dos países que viveram ditaduras militares nas décadas de 60 e 70 e o papel da Comissão da Verdade no Brasil, visando a consolidação de democracias que substituíram regimes ditatoriais e autoritários, nos quais ocorreram graves violações aos direitos humanos.

 

No encerramento do seminário, será lançado o projeto “Marcas da Memória: História Oral da Anistia no Brasil”. O projeto faz parte de um Acordo de Cooperação Técnica entre a Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS) e o Ministério da Justiça e visa construir um acervo de fontes orais e audiovisuais, com critérios teóricos e metodológicos próprios da História Oral para registro e organização de histórias de vida de pessoas que vivenciaram períodos de repressão.

O acervo contará de entrevistas gravadas, filmadas e posteriormente transcritas. Deverão ser realizadas 18 entrevistas. Este material será disponibilizado para consulta pública e pesquisa. Integrará tanto o acervo do Memorial da Anistia Política no Brasil, quanto o acervo do Núcleo de Pesquisa Histórica na UFRGS.

 

Participantes e convidados

Participarão do seminário, para ouvir palestrantes brasileiros e estrangeiros, não apenas especialistas acadêmicos de diversos países mas também integrantes dos movimentos de defesa do Direitos Humanos para questões referentes à memória, trauma e reparação de contextos de violência política.

Entre os convidados do evento estão Abraham Milgram (Museu do Holocausto, Israel), Aldo Marchesi (Universidad de la Republica, Uruguai), Annette Wieviorka (Centre National de la Recherche Scientifique, França), Antonio Costa Pinto (Universidade de Lisboa, Portugal), Emilio Crenzel e Vicente Palermo (Universidad de Buenos Aires, Argentina).

Entre os brasileiros, foram convidados Carlos Fico, Jessie Jane Vieira de Souza, Maria Paulo Araújo, Marieta de Moraes Ferreira e Monica Grinb (UFRJ); Celso Lafer (USP), Denise Rollemberg Samanta Quadrat (UFF), Marcio Seligmann-Silva (Unicamp), Maria Celina D’Araújo (PUC-RJ) e Paulo Abrão (Comissão de Anistia, Ministério da Justiça).

 

Fonte – UFRJ

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *