unnamed

39º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos

Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo – ABRAJI
Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil – UNIC Rio
Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo
Conectas Direitos Humanos
Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil
Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP
Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ
Instituto Vladimir Herzog
Ordem dos Advogados do Brasil – Secção São Paulo
Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo
Periferia em Movimento
Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo
Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação – INTERCOM

Convidam para a 6ª edição da Roda de Conversa com os jornalistas premiados, que acontecerá no dia 31 de outubrodas 14h às 18h, no Tucarena (Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes, São Paulo/SP).

A programação é inteiramente aberta e gratuita.


Sobre esta edição

ENTREGA DO 39º PRÊMIO JORNALÍSTICO VLADIMIR HERZOG DE ANISTIA E DIREITOS HUMANOS ACONTECE EM 31 DE OUTUBRO

Cerimônia será no Tucarena, em São Paulo, precedida da 6ª Roda de Conversa com os jornalistas premiados

No próximo dia 31 de outubro, terça-feira, será realizada a cerimônia de entrega do 39º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos. O evento é público e acontece às 20h, no Tucarena, em São Paulo.

Esta edição, que bate novo recorde de trabalhos inscritos e aceitos para análise do corpo de jurados, inaugurou as mudanças nos critérios das categorias em relação aos anos anteriores: foram 634 trabalhos enviados por jornalistas, artistas e repórteres fotográficos de todo o país. Destes, 218 foram inscritos na categoria Texto, que reuniu o maior número de participantes.

Confira o ranking das inscrições 

1) Arte: ilustrações, charges, cartuns, caricaturas e quadrinhos publicados em veículos impressos ou eletrônicos (41)
2) Fotografia: Foto ou série fotográfica publicada em veículos impressos ou eletrônicos (107)
3) Produção jornalística em texto: Reportagens em texto publicadas em veículos impressos ou eletrônicos (218)
4) Produção jornalística em áudio: Reportagens ou documentários em áudio (40)
5) Produção jornalística em vídeo: Reportagens ou documentários em vídeo (124)
6) Produção jornalística em multimídia: Reportagens multimídia publicadas na internet (104)

Homenageados

Desde 2009, a Comissão Organizadora do Prêmio Vladimir Herzog indica personalidades para serem agraciadas com o Prêmio Especial por relevantes serviços prestados às causas da democracia, paz e justiça. Os grandes homenageados da noite com o Prêmio Vladimir Herzog Especial serão os jornalistas Rose Nogueira, Tim Lopes (in memoriam) e D. Paulo Evaristo Arns (in memoriam).

Roda de Conversa

Na tarde de 31 de outubro, das 14h às 18h, acontece a 6ª Roda de Conversa com os vencedores do Prêmio Vladimir Herzog. O evento, gratuito e aberto ao público, é voltado especialmente para alunos dos cursos de comunicação e tem o propósito de compartilhar conhecimento sobre os métodos e técnicas de algumas das reportagens mais importantes da imprensa brasileira, desde a elaboração das pautas até a apuração, fontes e entrevistas.

O encontro será realizado no Tucarena (ao lado do TUCA) e transmitido pela internet, ao vivo, por meio do link www.tvpuc.com.br. Para que o material esteja acessível a um maior número de pessoas, constituiu-se novamente um pool de cobertura e transmissão*.

A coordenação da Roda de Conversa é do jornalista Sergio Gomes, diretor da OBORÉ, coordenador do Projeto Repórter do Futuro e conselheiro do Instituto Vladimir Herzog. A produção é de Aldo Quiroga, professor e repórter /apresentador da TV Cultura de São Paulo, e Ricardo Matias, coordenador da TV PUC. Neste ano, a mediação será dos jornalistas Angelina Nunes, Paulo Oliveira e Aldo Quiroga. A atividade conta com o apoio da Federação dos Professores do Estado de São Paulo – FEPESP.

Sobre o Prêmio 

Criado em 1978, o Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos foi uma iniciativa da família Herzog, do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, Comitê Brasileiro de Anistia, Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, Movimentos de Anistia, FENAJ-Federação Nacional de Jornalistas e Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo. Seu intuito é reconhecer e premiar anualmente jornalistas que, por meio de seu trabalho, contribuem para a promoção dos direitos humanos, cidadania e democracia, homenageando personalidades, profissionais e veículos de comunicação que se destacam na defesa desses valores fundamentais.

O Prêmio Vladimir Herzog é promovido e organizado, atualmente, por treze instituições: Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo – ABRAJI; Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil – UNIC Rio; Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo; Conectas Direitos Humanos; Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP; Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ; Instituto Vladimir Herzog; Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB Nacional, Ordem dos Advogados do Brasil/Secção São Paulo, Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo, Periferia em Movimento, Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo e Sociedade Brasileira dos Estudos Interdisciplinares da Comunicação – Intercom.

SERVIÇO

39º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos

Cerimônia de premiação

Data: 31 de outubro, terça-feira
Horário: 20h
Local: TUCARENA | Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes – São Paulo (anexo ao TUCA)

Comissão organizadora | Promoção: 

Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo – ABRAJI
Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil – UNIC Rio
Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo
Conectas Direitos Humanos
Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil
Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP
Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ
Instituto Vladimir Herzog
Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo
Ordem dos Advogados do Brasil – Secção São Paulo
Periferia em Movimento
Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo
Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação – INTERCOM

Patrocínio: Petrobrás

Apoio: PUC-SP, TUCA, Câmara Municipal de São Paulo, Federação dos Professores no Estado de São Paulo – FEPESP e OBORÉ

6ª Roda de Conversa com os ganhadores do Prêmio Vladimir Herzog 

Datas:31 de outubro, terça-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Tucarena (anexo ao TUCA)

Organização:
OBORÉ Projetos Especiais
Federação dos Professores do Estado de São Paulo – FEPESP

Pool de transmissão e cobertura: 
Canal Universitário de São Paulo
TV PUCSP
TV Fepesp
TV Câmara Municipal de São Paulo
Superintendência de Comunicação Social da USP
Abraji – Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo
OBORÉ Projetos Especiais | Projeto Repórter do Futuro
Instituto Vladimir Herzog

VENCEDORES 2017

Categoria: ARTE 
VENCEDOR
“Anulação dos julgamentos do massacre do Carandiru”
Simanca | Jornal A Tarde – Salvador/BA
MENÇÃO HONROSA
“A execução de Ricardo”
Ciro Barros, Julio Falas e Bruno Nobru | Agência Pública – São Paulo/SP

Categoria: FOTOGRAFIA 
VENCEDOR
“Tiroteios, mortes e invasões dominam o Complexo do Alemão”
Fábio Teixeira | VICE Brasil
MENÇÃO HONROSA
“Prefeitura retira sem-teto de viaduto em SP”
Nelson Antoine | Portal da Band – São Paulo/SP

Categoria: ÁUDIO
VENCEDOR
“Repressão na Favela do Moinho: Leandro, 18 anos, morto em Operação da Rota”
Cláudia Rocha e Emerson Ramos | Ponte Jornalismo – São Paulo/SP
MENÇÃO HONROSA
“Histórias invisíveis: os desafios de quem vive nas ruas de Porto Alegre” 
Gabriel Jacobsen e Daiane Vivatti | Rádio Guaíba – Porto Alegre/RS
MENÇÃO HONROSA
“Dar à luz a dor” 
Hebert Araújo, Jonathan Dias e Joana Rosa | Rádio CBN João Pessoa – João Pessoa/PB

Categoria: MULTIMÍDIA
VENCEDOR
“Sozinhas: histórias de mulheres que sofrem violência no campo”
Ângela Bastos, Aline Fialho, Chico Duarte, Felipe Carneiro, Francisco Duarte, Julia Pitthan, Maiara Santos e Ricardo Wolffenbüttel | Diário Catarinense – Florianópolis/SC
MENÇÃO HONROSA
“O mapa da homofobia em SP”
Thiago Reis, Alexandre Nascimento, Alexandre Mauro, Beatriz Souza, Fabíola Glenia, Glauco Araújo, Igor Estrella, Kleber Tomaz, Marcelo Brandt, Mariana Mendicelli, Rodrigo Cunha, Rogério Banquieri, Sávio Ladeira e Wagner Santos | G1 – São Paulo/SP

Categoria: TEXTO
VENCEDOR
“Especial Quilombolas”
Patrik Camporez, Luísa Torre e Marcelo Prest | Agência Pública – Brasília/DF
MENÇÃO HONROSA
“Brasília Confidencial”“Brasília Confidencial”
Helena Mader, Adriana Bernardes e Renato Alves | Correio Braziliense – Brasília/DF
MENÇÃO HONROSA
“Cerco aos isolados”
André Borges e Werther Santana | O Estado de S. Paulo – Brasília/DF

Categoria: VIDEO
VENCEDOR
“Quem sou eu?”
Bruno Della Latta, Cláudio Guterres, Chico Chagas, César Coelho, Nunuca Vieira, Renata Ceribelli, Walmor Junior, Marcos Aurélio Silva, Marconi Matos, Flávio Fernandes, Filippi Nahar, Alex Carvalho e Alda Queiroz. | TV Globo – Rio de Janeiro/RJ
MENÇÃO HONROSA
“O inferno de Lidiany”
Gabriela Pimentel, Domingos Meirelles, Heleine Heringer, Daniel Motta, Fabiana Lopes, Michel Mendes, Leopoldo de Moraes, Lucas Augusto, Natália Fiorentino, Gustavo Costa, Rafael Gomide, Aruan Santos e Renato Battaglia. | TV Record – São Paulo/SP

SERVIÇO
39º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos
Data: 31 de outubro de 2017
Horário: A partir das 14h
Local: Tucarena (Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes, São Paulo/SP)
Mais informações: http://www.premiovladimirherzog.org.br/

unnamed

Fonte – Instituto Vladimir Herzog

Compartilhe esta notícia...Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someonePrint this page