emnomedospais

Cinco motivos para ler o livro “Em Nome dos Pais”

Sérgio Lima/Divulgação

Matheus Leitão conta a história da ditadura militar no Brasil a partir da tortura sofrida por seus pais, Marcelo Netto e Mirian Leitão

 

Matheus Leitão ainda não era jornalista quando começou a se interessar pelo passado sombrio do regime militar. Aos 12 anos, escutou dos pais, Mirian Leitão e Marcelo Netto, os primeiros relatos sobre as perseguições da ditadura. As histórias fisgaram o adolescente e, anos mais tarde, serviram de motivação para o livro “Em Nome dos Pais”, que ele lança nesta terça-feira (16/5), às 19h, na Livraria Cultura do Iguatemi.

Na obra, Matheus revisita o passado dos pais, à época militantes estudantis filiados ao PCdoB, que foram presos e torturados nos porões dos quartéis. Apesar de toda a carga emocional, o jornalista buscou um relato sóbrio e histórico do processo. “Tentei ir atrás desse passado despido de questões ideológicas e certezas morais”, disse ao Metrópoles.

Compartilhe esta notícia...Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someonePrint this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *